2015, Antropologia, artigos

Sobre os cuidados do corpo e do espírito em livros de ensino religioso: da estética corporal aos simbolismos rituais

SANTOS, Milton Silva dos; RIGONI, Ana Carolina Capellini. Sobre os cuidados do corpo e do espírito em livros de ensino religioso: da estética corporal aos simbolismos rituais. Debates do NER,  v. 2, n. 28, p. 273 – 296, 2015.

Integrados ao universo da cultura escolar, os livros didáticos, ou manuais escolares, revelam-se não apenas como objetos facilitadores do processo de ensino-aprendizagem, mas também como mídias de massa e suportes pedagógicos atravessados por representações sociais. Daí o interesse deste artigo, que tem como tema central a forma como tem sido construída a intersecção entre corpo e religião
em apostilas e coleções de livros didáticos dirigidos aos alunos e professores de ensino religioso (ER). Se as religiões baseiam-se num conjunto de concepções morais, regras de comportamento, ideologias etc., e o corpo é produtor de sentido por meio do qual se reconhecem pertencimentos culturais, práticas sociais e experiências religiosas, haverá uma moralidade orientando as representações sobre o corpo nos materiais didáticos para o ER? Este é um dos pontos que norteiam a análise aqui centrada, sobretudo, nas coleções de ER das editoras Ática, Scipione, Moderna e Vozes.
2014, Antropologia, artigos

Pentecostalismo e o sofrimento do (ex-)bandido: testemunhos, mediações, modos de subjetivação e projetos de cidadania nas periferias

MACHADO, Carly Barboza. Pentecostalismo e o sofrimento do (ex-)bandido: testemunhos, mediações, modos de subjetivação e projetos de cidadania nas periferias. Horizontes Antropológicos, v. 20, p. 153-180, 2014.

Este trabalho propõe a análise da experiência de sofrimento do ponto de vista do algoz da violência, tomando como perspectiva privilegiada dessa questão suas imbricações com experiências religiosas, particularmente as pentecostais. Para tal, analiso testemunhos dos chamados “resgatados da morte”: grupo de homens com alguma passagem pelo mundo do crime, membros da Assembleia de Deus dos Últimos Dias (Adud), com sede em São João de Meriti, Baixada Fluminense do Rio de Janeiro. A via de redenção oferecida pela Adud a esses sujeitos apresenta-se como uma composição complexa de elementos significativos nesse processo: o acolhimento do sofrimento e da dor do bandido; o perdão de seus pecados; e a reconfiguração de sua subjetividade de fama e poder dentro do evangelho, a partir da figura potente do “resgatado”. Essas práticas e representações combinadas, sugiro, dão forma a um dispositivo pentecostal particularmente eficaz para lidar com o sofrimento através do contornamento da vitimização.

[Acesso]

2007, Ciências da Religião, teses

A trajetória da assistência na Igreja Universal do Reino de Deus (IURD)

TORRES, Raimunda Célia. A trajetória da assistência na Igreja Universal do Reino de Deus (IURD): configurações e significados – um olhar sobre a Associação Beneficente Cristã (ABC) do Rio de Janeiro. Tese (Doutorado) – Programa de Pós-graduação em Ciência da Religião (PPCIR), Universidade Federal de Juiz de Fora, 2007.

No Brasil, conexões importantes entre os temas Religião e Assistência são largamente observadas na literatura especializada. Ao longo do processo de constituição de políticas sociais no País, a Igreja Católica exerceu papel importante no campo assistencial. Contudo, a presença de espíritas, protestantes e pentecostais também é observada nessa área – indicando-nos que em terras brasileiras a assistência transita em territórios sagrados desde o início de nossa história. No caso especifico deste estudo, interessa-nos investigar a atuação da Igreja Universal do Reino de Deus (IURD) no campo assistencial brasileiro, objetivando identificar, compreender e analisar os elementos constitutivos de sua trajetória: a composição inicial, as mutações ocorridas, a configuração atual desse campo – destacando-se aí o papel desempenhado pela Associação Beneficente Cristã (ABC)/RJ. Neste sentido, torna-se imprescindível refletir, por exemplo, sobre os seguintes aspectos: de que forma temas
como mobilização social, sociedade civil, direitos e cidadania estão sendo incorporados às práticas sociais desenvolvidas por essa denominação? Qual a concepção de pobreza (causas, conseqüências, significados – e o seu respectivo enfrentamento) presente nessas ações? Como se constitui o campo valórico destas práticas – solidariedade, fraternidade, cidadania, participação? O investimento analítico acerca dessas questões visa alcançar uma compreensão mais ampla das propostas e intervenções que configuram o universo assistencial iurdiano mais recentemente: caridade, filantropia, cidadania, ou a superposição desses modelos de legitimação social? O estudo está dividido em três capítulos. O primeiro deles aborda o processo de construção da assistência social no Brasil, buscando identificar as conexões existentes entre religião e assistência ao longo desse percurso. O segundo visa contextualizar o universo neopentecostal iurdiano, bem como o campo assistencial da referida denominação. O terceiro e último capítulo apresenta um perfil aproximado da
Associação Beneficente Cristã (ABC), através do qual será possível identificar novas e/ou antigas configurações presentes no âmbito institucional da ABC e da Igreja Universal do Reino de Deus (IURD).

[Acesso]

2014, Antropologia, artigos

Ciberespaços para a crítica: Difusão e imagens da Igreja Universal pelo ciberespaço latinoamericano

TADVALD, Marcelo. Ciberespaços para a crítica: Difusão e imagens da Igreja Universal pelo ciberespaço latinoamericano. Revista Brasileira de História das religiões, v. 7, n. 20, p. 103 -117, 2014.

Nas últimas décadas, intensificaram-se os fluxos entre diferentes países de práticas, símbolos, capitais, pessoas, religiões e toda a sorte de bens culturais que transitam constantemente e em ritmo acelerado no atual contexto mundial, por sua vez marcado pelos avanços tecnológicos e de comunicação. A partir do ciberespaço, este trabalho avalia a presença na América Latina da Igreja Universal do Reino de Deus, por um lado revelando estratégias de difusão e de estabelecimento desta igreja nesta região e por outro avaliando a sua presença e algumas representações sobre si disponíveis em alguns sites de discussão na Internet. Este texto revela, além das estratégias e representações discutidas, aspectos que afirmam a importância como campo de pesquisa, observação e análise os diferentes espaços virtuais da Internet.